Desativar para: inglês

quinta-feira, 15 de março de 2018

Efeito da ansiedade no corpo, sintomas psíquico, diagnóstico e tratamento

Alguns sintomas, embora não sejam sentidos na pele, são sentidos psicologicamente, são eles: 

Medo Irracional; 
Sensação de nervosismo, agitação ou de que algo ruim irá acontecer; 
Desejo de evitar coisas que provocam a ansiedade; 
Obsessões sobre certas ideias.

Publicidade
Sintomas Físicos
Embora grande parte dos sintomas da ansiedade sejam psicológicos, é possível sentir alguns sintomas físicos mínimos que podem passar despercebidos, são eles:

Roer unhas; 
Aumento da frequência cardíaca ou dor no peito; 
Respiração rápida ou hiperventilação; 
Transpiração intensa e fria; 
Espasmos musculares; 
Fraqueza; 
Dificuldade em se concentrar; 
Problemas digestivos ou gastrointestinais (diarreia, constipação); 


Diagnóstico
A ansiedade pode ser difícil de diagnosticar e, em alguns casos, pode até mesmo ser difícil de diferenciá-las de outras doenças psicológicas, como a depressão.

Por isso, procure sempre um médico psiquiatra, ou um terapeuta, se sentir que a ansiedade está atrapalhando sua rotina diária e causando-lhe sofrimento. Esse especialista irá procurar, antes de tudo, entender a origem das crises.

Alguns critérios do diagnóstico são:
Preocupação excessiva durante a maioria dos dias, durante um período de, no mínimo, seis meses em relação a alguma atividade/evento; 
Preocupação difícil de controlar e bastante abrangente; 
Apresentar, pelo menos, três dos sintomas já relatados; 
Sintomas que causam sofrimento ou comprometimento em áreas importantes (social, profissional). 

Tratamento
O tratamento para a ansiedade pode ser feito de duas maneiras: 
Terapia com um profissional especializado. 
Medicamentos que podem ser divididos em quatro categorias:
Naturais
remédios naturais comprovados, tais como ervas, vitaminas, chás, remédios homeopáticos e óleos essenciais;

Ansiolíticos;
são drogas, sintéticas ou não, usadas para diminuir a ansiedade e a tensão. Em pequenas doses recomendadas por médicos, não causam danos físicos ou mentais. Afetam áreas do cérebro que controlam a ansiedade e o estado de alerta relaxando os músculos;

Antidepressivos
são fármacos eficazes para tratar transtornos depressivos, mas também utilizados para tratar diversa outras doenças, como transtornos de ansiedade, transtornos alimentares, distúrbios do sono, disfunção sexual, dor crônica, adicção e mal de Parkinson;

A maioria das pessoas não se adapta ao primeiro antidepressivo e devem mudar a medicação até encontrar o antidepressivo com o qual responde com melhor efeito e menores efeitos colaterais. O melhor remédio e a dose ideal dependem do organismo e ambiente de cada indivíduo. Combinações com outro antidepressivo, com remédios para ansiedade, com estabilizantes de humor ou neurolépticos podem ser necessários. Os efeitos são melhores quando associados a terapia cognitivo-comportamental, a psicoterapia com melhor evidências científicas;

Antipsicóticos
se caracterizam por sua ação psicotrópica, com efeitos sedativos e psicomotores. Por isso, além de se constituírem como os fármacos preferencialmente usados no tratamento sintomático das psicoses, principalmente a esquizofrenia, também são utilizados como anestésicos e em outros distúrbios psíquicos.

Pode ser também que o profissional que for lhe atender resolva te medicar e, ainda, continuar com a psicoterapia, para a obtenção de melhores resultados. minutosaudavel

Publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...